Eco Condução

25/09/2008 2 Comentários por
 

Eco condução

Eco-condução é uma forma de condução eficiente que permite reduzir o consumo de combustível e a emissão de gases com efeito de estufa e outros poluentes, contribuindo também para uma maior segurança rodoviária e um maior conforto dos ocupantes.

Conselhos para ser um bom Eco-Condutor:

Conduza por antecipação
Não se limite a observar o veículo da frente. Treine a sua visão a observar a envolvente, pois uma condução por antecipação reduz o número de acelerações e travagens, melhorando os consumos médios, aumentando o conforto a bordo. Adicionalmente, ao adoptar uma condução antecipada terá maior tempo de reacção, prevenindo situações de perigo, contribuindo assim para uma maior segurança rodoviária.

Conduza a baixas rotações
Sempre que possível opte por utilizar rotações do motor mais baixas. Para tal, ao gerir a caixa de velocidades utilize mudanças mais altas.

Acelere e desacelere suavemente
Acelerações bruscas levam a que o seu veículo consuma mais combustível e emita mais poluentes atmosféricos. Adicionalmente, as repetidas acelerações e travagens provocam um maior desgaste mecânico, aumentando ainda o desconforto a bordo.

Evite situações ao ralenti
Um automóvel gasta aproximadamente 1 litro de combustível por hora ao ralenti. Assim, em poucos segundos, o gasto energético associado à ligação do motor é compensado pelo período em que o motor permaneceu desligado. Adicionalmente, um automóvel ao ralenti contribui para o ruído ambiente e para o aumento da poluição atmosférica.

Nas descidas e travagens, mantenha uma mudança engrenada
Um veículo com tecnologia moderna corta a injecção de combustível quando se retira o pé do acelerador e se mantém uma mudança engrenada. Esta situação permite o aproveitamento da energia cinética do veículo para prolongar o seu movimento, sem ser necessário consumir combustível. Assim, ao retirar o pé do acelerador, mantendo sempre o carro engatado, em descidas ou situações de travagem controlada (por exemplo na aproximação a uma portagem) pode aproveitar mais eficientemente a energia utilizada.

Saiba analisar os seus consumos
Para que possa melhorar o seu desempenho é essencial perceber como gasta o seu combustível. Ganhe sensibilidade aos seus consumos e procure analisar o seu perfil de condução. Actualmente há diversos equipamentos (alguns instalados de origem no veículo e outros instalados pelo próprio condutor) que permitem monitorizar as viagens e obter alguns parâmetros associados ao seu estilo de condução. Utilize-os sempre que possível.

Verifique regularmente a pressão dos pneus
A pressão dos pneus deve ser verificada regularmente, especialmente antes de um percurso longo, e sempre com os pneus a frio (não ter rodado mais de 3 km). A utilização de pneus com pressão adequada diminui o seu desgaste e reduz o consumo de combustível. Adicionalmente, a utilização de pneus com menor atrito de rolamento pode reduzir o consumo em cerca de 5%.

Evite pesos desnecessários no carro
Faça uma selecção regular dos objectos transportados e evite de andar com pesos desnecessário no veículo. Por cada 50 kg de peso adicional o consumo de combustível pode aumentar entre 1% e 3%. Em percursos urbanos o efeito do peso é particularmente importante, devido às constantes acelerações em situações de pára-arranca.

Sempre que puder, abdique de acessórios que reduzem a aerodinâmica
Em auto-estrada o principal responsável pelo aumento do consumo de combustível é o atrito aerodinâmico. Assim, deve evitar a instalação de barras no tejadilho, suportes para bicicletas ou outros acessórios que afectam a aerodinâmica do veículo.

Seja racional na utilização do ar-condicionado
Em percursos muito curtos, particularmente em tráfego urbano, a utilização do ar-condicionado pode ser pouco vantajosa, uma vez que a refrigeração do habitáculo poderá demorar mais tempo que a própria viagem. Adicionalmente, é nas situações de maior tráfego que o sistema de ar-condicionado consome mais, podendo chegar a representar cerca de 20% do combustível utilizado.

Fonte: www.ecoconducao-portugal.pt

Automóveis, Ecologia

2 Responses to “Eco Condução”

  1. Nastase says:

    Ora aí estão uma série de conselhos muito interessantes. Ultimamente tenho tido cuidado com as acelerações, travagens e em reduzir ligeiramente a velocidade média (100-110 na AE em vez dos 120-130) e garanto que se nota um diferença significativa no consumo.

    Só não percebi muito bem a do deixar o carro engatado pois no meu caso é exactamente o contrário… se o tiver desengatado (o que é proibido 🙁 ) consome muito menos que se for engatado, mesmo sem o pé no acelerador….

    ———————————
    Revolução Digital

  2. Rui silva says:

    Os conselhos são úteis, principalmente se aplicados no dia-a-dia.

Leave a Reply